Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vida Colorida

Um sítio onde escrevo sobre as cores que pautam a minha vida

Um sítio onde escrevo sobre as cores que pautam a minha vida

Vida Colorida

16
Ago10

Recordarei sempre a ternura...

Vida Colorida

Como disse no post anterior... o sms que recebi não me saía da cabeça, embora tudo aquilo não fizesse sentido...

 

Quando já estava em casa da minha amiga, consegui falar com a minha amiga...

 

Infelizmente o sms era verdadeiro e tudo o que estava escrito nele também... estava na 3ª pessoa porque não tinha sido enviado por ela mas por um familiar... a mãe dela tinha falecido...

 

Fiquei em estado de choque... não sabia o que dizer... eu sabia que o pai dele estava bastante doente há alguns anos, chegando mesmo a estar acamado e muito provavelmente pouco ou nada consciente mas a mãe? A mãe dela estava nitidamente muito cansada (tratar de uma pessoa acamada não é nada, nada fácil...) mas sempre que a vi pareceu-me bem...

 

A minha amiga explicou-me que a mãe dela já tinha problemas de coração (eu não sabia), que foi às compras, caiu na rua e morreu...

 

Quanto mais ela falava, menos eu sabia o que dizer... Na minha cabeça estava a imagem do pai dela naquela situação completamente dependente... E a partir de agora, tudo estaria totalmente a cargo dela... Que situação...

 

Disse-me que não tinha dinheiro para o funeral (sempre viveram com muitas dificuldades) e que agora teria mesmo que pôr o pai num lar por não conseguir tratar dele sozinha...

 

Já tive pessoas da minha família num lar... no meu caso, os meus familiares estavam bem tratados, no entanto, confesso que por tudo aquilo que já ouvi... pôr alguém num lar é algo que me atormenta... mas sei que ela não tem outra hipótese... de qualquer o valor dos lares é muito caro e as listas de espera intermináveis...

 

De repente, só imaginava como me sentiria "sem chão" se tivesse no lugar dela... Que desespero...

 

Felizmente ela estava a tentar manter-se calma...

 

Passei a noite a relembrar a mãe dela... apesar de viver com dificuldades, sempre fez questão de oferecer uma prenda ao meu pequenote... até mesmo durante a minha gravidez...

 

Quem me conhece bem, sabe que não ligo nada ao facto da prenda ser da marca x ou y, ou de não ter marca... mas a Senhora fez sempre questão de comprar roupinhas de marcas caras... provavelmente com receio que eu não gostasse se fosse de outra marca... algo que sempre me comoveu porque sei que o fazia com esforço, por carinho a mim e ao meu principe...

 

Fez questão de o ir ver à maternidade e de voltar a minha casa alguns dias depois... tudo isto porque estava ansiosa por o conhecer e por pegar nele...

 

Recordarei sempre o carinho, a ternura com que a Senhora tratou o meu bebé... porque já dizia o ditado "quem meus filhos beija..." e o quanto era lutadora...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub